A EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL USANDO EDUCAÇÃO MATEMÁTICA REALISTA COM FUTUROS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO 2.o CICLO EM CUANZA NORTE

Conteúdo Principal do Artigo

Paxe Nelson Cesareira de Amazonas
Fátima Paixão
Teresa B. Neto

Palavras Chave

Sustentabilidade Ambiental, Matemática Realista, Centro Botânico do Kilombo, Formação de Professores

Resumo

O reconhecimento das práticas matemáticas que favoreçam a educação para a sustentabilidade ambiental é considerado como uma competência necessária a desenvolver na formação inicial de professores de matemática do 2.o ciclo do ensino secundário. Neste trabalho descreve-se o desenho e a implementação de intervenção didático-matemática, desenvolvida com estudantes/futuros professores, com o objetivo de favorecer a preservação do Centro Botânico do kilombo, em Cuanza Norte – Angola, conjugando esta intenção educativa com práticas de ensino e formação teoricamente enquadradas na matemática realista (Van Den Heuvel - Panhuinzen & Drijvers, 2014) que sustenta a educação CTS e assentes em temáticas centrais para a educação para a sustentabilidade ambiental de (Santos, 2016). A ação formativa foi desenvolvida com 45 estudantes do 3o ano do curso de ensino da Matemática, da Escola Superior Pedagógica do Kwanza Norte. Os dados recolhidos mostram como os estudantes identificaram no Centro Botânico do kilombo situações-problema que foram objecto de modelação matemática, em diversos tópicos, como geometria, funções, álgebra, cálculo e estatística. Adotou-se uma metodologia qualitativa, do tipo estudo de caso, para organizar, analisar e interpretar os dados. Os resultados indicam contribuições no desenvolvimento de conhecimentos e ações, que possibilitam na sala de aula e no quotidiano resolver problemas de contexto no Kilombo, articulando questões de ciência, tecnologia, sociedade e ambiente, embora com algumas limitações identificadas no domínio das ações.

Resumo 15 | PDF Downloads 17
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.